quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Milagre...ou talvez não :)

Bom hoje de manhã aconteceu me algo...e por momentos achei que tinha se realizado um milagre, um verdadeiro milagre de Natal (sim, eu ainda sou das poucas pessoas que acredita nos Milagres de Natal)

Então foi assim...preparadas????????


Aqui a mamã Kikas acordou como sempre às 6h45 da manhã e foi a casa de banho fazer o seu pipi matinal...entre o acordar e não, de repente tive a bela sensação de...........

...............................................

EU ESTOU A VER NITIDAMENTE
e levo as mãos a cara não tivesse colocado já as oculetas...e não, não os tinha.
Isto quer dizer que eu recuperei a minha visão

LALALALA já não tenho miopia

Tralalala....

E toca de começar o dia, mais feliz que nunca....

Tomo banho, lavo o cabelo, a cara e de repente, sinto algo no olho..."Hum...estranho, o que se passa???"

Pois é, minhas queridas, a mamã Kikas descobriu assim, a razão porque a sua miopia tinha desaparecido...pois é...ontem a noite esqueci me de tirar as lentes de contacto...adormeci com elas, daí que ao acordar eu tivesse "recuperado" a minha visão na totalidade.

Eu sei, eu sei...histórias destas só comigo, mas se assim não fosse, eu não era a mamã Kikas? Certo? Certo.

O que é certo, é que hoje, não trouxe as ditas (o meu milagre de Natal) e sim as oculetas...tive receio que o dormir com elas possa fazer mal, e assim optei pelo outro "milagre" de visão.

eh eh eh
(tem tem -2.5, terá sempre -2.5...com lentes ou sem elas)

4 comentários:

garrau disse...

opá não digas que és minha irmã lool já chorei a rir com o que li ahah só tu

Luisinha disse...

Hehehehe...
Mas acho que fizeste bem não as colocar hoje, para descansar os olhitos... eu tenho que me ficar pelas como tu dizes oculetas (miopia+astigmatismo), não posso usar as lentes de contacto, pois tenho o astigmatismo muito alto...
Bjinhos

carla disse...

Realmente...só tu para e4stes milagres :D

Mas se tambem não existisses, tinhas de ser inventada......

S. disse...

Já me aconteceu o mesmo uma vez, eu a olhar para a rua, a tentar ler o rótulo do champô de longe e a pensar "Já não sou cega Yupiiii!"... a felicidade durou pouco também.

Beijinhos grandes