segunda-feira, 16 de maio de 2011

Quando a familia não vale nada...

...não a minha, que apesar de não ser perfeita, nestas coisas é EXCELENTE.

A mim custou me...ao Papá J creio que sim, apesar de ele nada dizer.

Passo a explicar...a família directa dele resume-se a mãe e a irmã, pessoas que em abono da verdade eu não suporto, mas do género não consigo estar no mesmo sitio que elas (o sentimento é reciproco).

Como sabem o Papá J esteve cá estes últimos 10 dias, regressando hoje ao Arzebeijão...acreditam que a irmã nem telefonou uma vez, nem lhe perguntou se ele queria ir almoçar com ela...ontem fez anos e ele ligou lhe e pelo barulho de fundo, dava para ver que estava a dar um almoço...não acho que eu tivesse de ser convidada, mas o irmão???
Caramba...embora estás a atitudes já sejam normais por parte dela...quando baptizou a filha, tb não lhe disse nada.
Ela não gosta de mim, nem do meu filho...e já não é a primeira vez que convidada apenas a minha filha para a festa de aniversário da filha dela...mas a titulo de exemplo, no ano passado o Papá J (e isto deu origem a uma discussão entre nós) convidou os para a festa do meu filho e não é que eles foram? Além de os ter convidado sem eu saber. Passei me. Enfim...

A mãe do Papá J é uma neurótica, só ela é que conta, ela, ela, sempre ela, os outros não interessa...o stress da senhora esta semana, era o computador que tinha um vírus e ela não sabia resolver, por isso nada como chatear o filho diariamente, com os telefonemas a começarem às 8h para ele resolver a questão (neste momento ele está em casa dela a mudar uma lâmpada).

E pronto mais um desabafo da Mamã Kikas.

1 comentário:

abspinola disse...

Não deve ser nada facil.
Ser posta de lado pela familia é algo que a mim me custa imenso.
Há pessoas triste mas acho que não deves incomodar com isso e deves sim mostrar superior.

Pensa sim na tua familia o teu filho e marido´são as pessoas mais importantes que tens na tua vida.

Bjs