terça-feira, 30 de novembro de 2010

Ainda estou a tremer

Hoje de manhã tive de ir a CML entregar uns docs, e resolvi apanhar um táxi.

O senhor taxista era simpático, daqueles que temos vontade de ir a falar o percurso todo.

A certa altura chegamos um cruzamento e o senhor como tinha o sinal verde para ele avança, da faixa da esquerda está o sinal intermitente, mas mesmo assim um miúdo com cerca de 20 anos avança e quase que batemos...o "menino" começa logo com uma linguagem que nem vou descrever...logo a frente apanhamos o vermelho e qual é o meu espanto, quando a dita criatura sai do carro em nossa direcção.

Meninas, ele ameaçou o taxista com tudo, desde chapada, a navalhada...e eu em pânico sentada lá atrás.

O susto foi de tal forma, que ainda estou a tremer...o taxista achei que lhe ia dar alguma coisa...o homem estava branco, só dizia "tenho 60 anos e isto nunca me aconteceu...ai se eu tivesse menos 15, ainda não estava a abrir a boca e já estava a levar com ela."

Bolas...nunca tinha tido um susto destes...

Há onde é que estamos a chegar?
Um miúdo (daqueles com ar de ser de bairro problemático e que vende aquilo que destrui muitas vidas) a insultar alguém com idade para ser avó dele e sem respeito nenhum por mim, que apenas ali estava.
Juro que eu só pensava nos meus filhos...

3 comentários:

verniz escarlate disse...

triste muito triste. Enfim. Infelizmente cenas que são cada vez mais comuns.

carla disse...

É o que eu digo....vir aqui é mais completo que ir ao cinema ...acontece-te de tudo, literalmente tudo amiga.

já agora, estou morta de saudades tuas :(

Kikas disse...

eu, não era eu, sem estas aventuras na minha vida...